[REVIEW] Documentário 'Cuidado com o Slenderman'



Por Nayara Trevizan.


Em 31 de maio de 2014 na cidade de Waukesha que faz parte do estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, uma garota esfaqueada foi encontrada à beira da estrada pedindo por ajuda, o homem que a encontrou perguntou quem tinha feito isso à ela, e então ela lhe respondeu que havia sido sua melhor amiga.

As suspeitas de terem cometido o crime eram Morgan Geyser e Anissa Weier (de 12 anos), que confessaram aos investigadores que fizeram isso com a amiga porque foram obrigadas para agradar o Slenderman, caso isso não fosse feito ele iria atrás delas para mata-las e suas famílias também. A vítima, Payton (“Bella”) Leutner, sobreviveu ao ataque e as duas garotas foram acusadas de tentativa de assassinato.

Cuidado com o Slenderman (em inglês “Beware The Slenderman”), narra esse acontecimento com ajuda de desenhos, cenas de jogos e vídeos caseiros encontrados na internet com aparições do monstro.

O documentário conta também com entrevistas dos especialistas que ajudaram a contextualizar o estado mental das garotas, e das famílias relatando como estão passando por tudo isso, como as meninas eram quando mais novas e outras coisas, além de cenas tanto do depoimento delas quanto das filmagens realizadas dentro da sala de audiências na Justiça. A direção do documentário é de Irene Taylor Brodsky (indicada ao Oscar por ‘The Final Inch‘, da HBO).





A lenda do Slenderman (homem magro, na tradução do inglês), surgiu no fórum do Something Awful em 2009, e foi criado para um concurso que tinha como objetivo criar uma imagem no Photoshop juntamente com uma história que parecesse real. Segundo a lenda, o homem esguio atrai crianças para as floresta e as mata e desde então a história se espalhou rapidamente na internet e muitas pessoas contam ter visto ou sonhado com ele.

O documentário Cuidado com o Slenderman estreia na HBO Brasil no dia 15 de maio, às 22 horas, no canal HBO. Após a exibição na TV, o documentário estará disponível na plataforma digital HBO GO e na HBO On Demand.

0 comments: