Navigation Menu

SPFW N43 - Highlights da temporada



O universo fashion voltou seu olhar para São Paulo entre os dias 13 e 17 de Março, durante a SPFW N43, onde foram apresentadas diversas coleções para o Inverno 2017. Dessa vez as labels apostaram no feminismo, amor próprio, a volta dos 70's e até mesmo na representatividade.

Vale lembrar que a mudança do calendário de moda brasileiro aumentou os ânimos, principalmente pela estratégia do 'See Now, Buy Now', proposta pelo evento e que pretende levar as tendências da SPFW diretamente para as lojas, logo após os desfiles, mas para que o novo plano funcionasse, os estilistas tiveram que repensar suas coleções para um formato menos conceitual e mais comercial.

Essa edição também foi marcada por novos 5 estilistas do Projeto Estufa, uma iniciativa para alunos de moda de diversas unidades brasileiras, a fim de lançar novos nomes ao mercado. Dependendo da recepção de cada um desses novos designers, 1 deles entraria para o lineup oficial da próxima temporada, com  direito a desfile individual na Semana de Moda.




É claro que não poderíamos deixar de falar dos fashionistas que passeavam livremente pelos corredores e aprssentavam um show a parte. Não havia nenhum look sequer parecido nessa temporada, pois os visitantes apostaram por mostrar sua identidade e estilo próprio através de cores, estampas e modelagens.


Um dos destaques da vez foi a aposta em acessórios e detalhes que trouxeram ainda mais vida aos visuais, além da escolha de uma cartela mais monocromática. Por todos os corredores, foi possível encontrar a combinação B & W, perfeita para o Inverno.



Explosões de cores também e mistura de estampas também não faltaram, em uma forma mais light do famoso kitch. Novamente, a representatividade veio através de tranças, cabelos black ou até mesmo raspados.



Outra grande aposta dos fashionistas para essa temporada foi o uso de transparências, não muito usadas em períodos mais frios, porém que também dominaram às passarelas europeias da temporada anterior.


~ Desfiles ~

    Adriano Martin para Projeto Estufa 







Looks etéreos e uma cartela de cores com tons mais neutros, que variava do preto ao rosa bebê, a coleção de estreia de Adriano lembrava um verdadeiro conto de fadas modernos. Modelagens acinturadas e tecidos mais pesados como veludo e seda não faltaram.

Green Co para Projeto Estufa 







A estreia da label Green Co foi marcada por uma silhueta mais leve, tecidos fluidos e estampas tropicais. Essa coleção é perfeita para quem aposta num estilo mais sport e minimalista no dia a dia. Além disso, folhagens maiores na estamparia são outra grande tendência para a temporada de inverno.


Jardin para Projeto Estufa 




Essa coleção marca o retorno do orientalismo e da pegada mais zen para as coleções. Homenageando comunidades asiáticas, modelos surgiram com o tradicional chapéu trançado de bambu e trajando kimonos estilizados ao melhor estilo futurista, com silhuetas assimétricas e recortes diferenciados.

PH PRAIA para Projeto Estufa 




Moda praia para o Inverno? Isso mesmo! A coleção PH Praia trouxe maios e shorts com recortes mais gráficos, croppeds  e apostou na modelagem hot pants para os biquínis avulsos, além do mix de estampas bem característico da moda praieira.

Amapô














Jeans, jeans e mais jeans! A coleção da Amapô marcou seu retorno ao calendário da SPFW e voltou às suas origens com peças lúdicas e mais cocentuais. O picadeiro de circo foi montado ao longo do desfile da marca. Como mencionamos no início, o jeans teve presença forte na passarela da Amapô, além dos famosos dots, muito usados nos anos 70 durante a era do suprematismo na arte, onde esferas eram usadas como símbolo de rebeldia ao governo.

O bom humor conhecido da marca foi apresentado através de mockups de palhaços nas roupas, cabeças de animais, rostos com laços até 3 vezes maiores do que as cabeças da modelo. A regra clara aqui apresentada é justamente a falta dela.


0 comments: