Navigation Menu

'Disforia', novo longa nacional ganha trailer e poster inéditos


Por Victoria Hope

Acaba de ser lançado o trailer e cartaz de "DISFORIA", primeiro longa do diretor Lucas Cassales, um dos nome promissores do cinema gaúcho/nacional, do premiado curta "O Corpo".

No filme, após uma experiência traumática, Dário (Rafael Sieg), um psicólogo infantil volta a atender crianças e a sua primeira paciente é Sofia (Isabella Lima), uma menina que provoca sensações perturbadoras nas pessoas ao seu redor. O limite entre o real e o imaginário se confundem neste “horror psicológico”.

Diferente dos filmes do gênero tradicionais, em "DISFORIA" há um suspense que quase nunca é concluído, criando uma atmosfera de mal-estar permanente, que só ganha respiro ao final, observa o diretor

Produzido pela Sofá Verde Filmes e Epifania Filmes e distribuído pela Lança Filmes, “DISFORIA” estreia nos cinemas em 12 de março de 2020.

Pôster oficial / Divulgação

Assista ao trailer de 'Disforia'





0 comments:

'Warcraft® III Reforged': Entrevista com Raphael Rossato


Por Victoria Hope


O primeiro grande lançamento da Blizzard em 2020 é Warcraft 3: Reforged, uma aguardada remodelação do game de estratégia em tempo real (RTS) que revolucionou  completamente o gênero em jogos para pc.

A nova versão do jogo de 2002 já está disponível para PC no site oficial e promete entregar muito mais do que um visual repaginado.

O lançamento do game proporcionará que os jogadores do início dos anos 2000 revivam suas experiências e permitirá aos novos jogadores o contato com um jogo essencial para o nascimento de alguns dos MOBAs (Multiplayer Online Battle Arena) mais famosos de hoje e para o cenário competitivo de e-Sports.

Batemos um papo com o dublador Raphael Rossato, responsável pela voz de Arthas, um dos personagens principais do jogo nessa nova versão de Warcraft III, também conhecido por ter dublado personagens como Jaskier na nova série The Witcher da Netflix, Kristoff em Frozen: Uma Aventura Congelante e Frozen 2 , Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen e Frozen 2 e Chris Pratt no Universo Cinematográfico Marvel, Passageiros, Jurassic World, Jurassic World: Reino Ameaçado e Sete homens e um destino

Foto: Raphael Rossato

Amélie: O que mais o/ a encantou no universo de Warcraft III Reforged?

Raphael: O que eu achei mais legal em Warcraft III reforged, foi o fato de inserirem cenários e muitas coisas novas, com novas animações e efeitos, sem perder a jogabilidade e a magia do jogo clássico, que conquistou uma legião de fãs. É uma homenagem ao jogo clássico, com uma nova cara, mas sem deixar de lado as características que fizeram desse jogo um sucesso tão grande.

Amélie: Você se identifica com algumas das características do personagem que dubla? Se sim, quais? 

Raphael: Arthas acaba se tornando mal, mas antes acho que me identifico com o espírito de liderança dele, sua firmeza, o fato de ser muito decidido, e a benevolência em ajudar as pessoas que necessitam, como o povo de lordaeron que estava sendo atacado pelos orcos. Tenho um espírito bem altruísta, por isso me identifico.

Amélie: O que é preciso para ser um dublador no Brasil?

Raphael: Para ser um dublador, primeiramente a pessoa deve ser um ator(a), registrado no Sated, o órgão que nos representa. Após isso tem que fazer um ou mais cursos de dublagem, para aprender as técnicas desse ofício. Um bom dublador faz qualquer tipo de trabalho como ator, mas um bom ator, não necessariamente se torna um bom dublador. Mas vale lembrar que para a dublagem (Localização) de games, não é necessário ser ou atuar como dublador.

Amélie: Para você, qual é a parte mais difícil na hora de dublar?

Raphael: A maior dificuldade em ser um dublador é captar de forma muito rápida a essência e a personalidade de cada ator ou personagem que dublamos. Nós não assistimos o filme com antecedência, só assistimos na hora de gravar, e apenas as partes que nossos personagens aparecem. Então temos que ter um reflexo artístico bem aguçado para poder expressar e sentir todas as emoções e variações que o personagem demonstra ao longo de cada produção.

Amélie: Você tem alguma técnica especial para entrar no personagem antes de dublar? 

Raphael: Não tenho nenhuma técnica especial, não há tempo hábil para se preparar. Na maioria das vezes entramos nos estúdios sem saber o que iremos dublar. A preparação se dá apenas na parte vocal, onde é sempre bom estar com as cordas vocais bem aquecidas e preparadas, porque podemos dublar uma pessoa bem tranquila, ou acabar dublando algum personagem que grita muito e com isso acabar machucando nosso instrumento de trabalho que é a voz.

Amélie: As pessoas costumam reconhecer sua voz nas ruas?

Raphael: Não acontece com muita frequência mas já reconheceram minha voz algumas vezes na rua sim. Lembro de três vezes mais recentes. Uma vez foi comprando uma passagem de ônibus na rodoviária de São Paulo e as outras duas foram em Lojas de Shoppings centers. É incrível quando isso acontece. Nos faz perceber que o trabalho está conseguindo atingir o coração das pessoas e com isso vem cada vez mais a certeza de que estou trilhando o caminho certo.

0 comments:

Morre cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão, aos 83 anos



Por Victoria Hope

Um dia muito triste para quem ama cinema nacional e clássicos do horror. Morreu nesta quarta-feira (19), em São Paulo, o cineasta José Mojica Marins, ao 83 anos, em São Paulo. 

Conhecido como Zé do Caixão, ele estava internado no hospital Sancta Maggiore devido a uma broncopneumonia. A morte foi confirmada pela filha, Liz Marins.

Mojica é considerado um dos mestres do terror mundial, mas você sabia que originalmente sua obra foi desprezada pela crítica brasileira? O apelido de Zé do Caixão veio do seu personagem mais famoso.

Surgido em um pesadelo do próprio cineasta, era um agente funerário sádico que aterrorizava uma pequena cidade, desejando ser pai de uma criança perfeita. Para tal feito, ele precisava encontrar uma mulher tão perfeita quanto e estava disposto a matar quem cruzasse o seu caminho à procura da parceira certa.

BIOGRAFIA


 "Zé do Caixão" (Foto: Divulgação / Darkside)
José Mojica Marins nasceu coincidentemente numa sexta-feira 13, em março de 1936. Cineasta, ator, roteirista, editor, o paulista aprendeu a fazer cinema sozinho, sem estudo ou apoio de uma equipe completa.

Marins criou uma identidade própria em termos de narrativa e estilo de filmagem nunca visto antes e por fim, acabou se tornando referência não apenas para o cinema 'indie' brasileiro, como também para o cinema internacional.

Por mais de 50 anos, o diretor foi um ícone do horror nacional, lançando títulos como o icônico "À Meia-Noite Levarei Sua Alma", onde nasce o personagem Zé do Caixão (Coffin Joe, como foi batizado no mercado norte americano).

Não é exagero dizer que sem José, não haveria 'Bacurau', 'Morto Não Fala' e muitas outras obras nacionais que ousaram sair da caixinha convencional tão adorada no Brasil.

Além do horror, Mojica Marins dedicou sua vida inteira à sétima arte, seja atuando nos clássicos filmes de porno chanchada, atuando como grande crítico de cinema ou dirigindo longas de horror, sendo por toda sua vida, um grande apaixonado por cinema. Seu legado ficará pra sempre na história.

0 comments:

The Witcher | Kristofer Hivju, o Tormund de Game of Thrones participa da 2ª temporada




Por Victoria Hope

Quem se lembra do hilário Tormund de Game of Thrones? Kristofer Hivju atuará em outra série medieval após viver o caçador de gigantes e agora entra para o elenco da segunda temporada de The Witcher

Na nova temporada da série, Hivju será Nivellen, um carismático e sagaz homem de uma família aristocrata que se vê vítima de uma maldição por crimes de seu passado.

O personagem aparece no episódio  “Um Grão de Veracidade”, conto da coletânea O Último Desejo. A trama deve ser adaptada no primeiro episódio do novo ano, e Hivju infelizmente só aparecerá neste capítulo.

A nova temporada de The Witcher já está em período de gravações e segundo Henry Cavill (Geralt), ela retorna ao streaming em 2021 com 8 episódios inéditos.

0 comments:

5ª Temporada de Outlander estreia nesse final de semana na Fox Premium



Por Victoria Hope

Bem pertinho do tradicional Valentines' Day, o amor está no ar mais uma vez nessa nova temporada de Outlander, que estreia nesse domingo na Fox Premium.

Em seu primeiro episódio, acontece o tão esperado casamento do ano, mas não seria Outlander se muitas reviravoltas não estivessem por vir numa data tão especial para os Frasers. Família, amor e jogos de poder dão tom nesse comecinho da quinta temporada.

Baseada na saga best seller da escritora norte-americana Diana Gabalon, Outlander é estrelada por Catriona Balfe como a Claire Randall, uma enfermeira militar que se casa com Frank Randall (Tobias Menzies), um e ex-espião do Serviço de Inteligência Britânico

Após o seu casamento, Claire viaja misteriosamente no tempo para a Escócia no ano de 1743, onde é forçada a se casar com o jovem e galante guerreiro escocês Jamie Fraser (Sam Heughan), por quem ela acaba se apaixonando perdidamente. 

Assim, uma apaixonada aventura se acende, dividindo o coração de Claire entre dois homens muito diferentes e em duas vidas irreconciliáveis.

Não perca a estreia da 5ª temporada nesse domingo, 16 de Fevereiro na Fox Premium 1.

0 comments:

Sesc Belenzinho recebe experiência de RPG ao vivo além de curso sobre jogos de tabuleiro


Por Victoria Hope

Se você curte o universo do RPG (Role Playing Game) vai adorar essa notícia. Nos dias 15 e 16 de fevereiro de 2020, o Sesc Belenzinho promove a atividade LARP: Histórias Extraordinárias, com o grupo Confraria das Ideias. Atividade gratuita acontece sábado e domingo às 14h na Sala de Espetáculos II da unidade.

Histórias Extraordinárias é um LARP de terror psicológico e suspense baseado na obra homônima de Edgar Allan Poe (1809-1849), que reúne contos lançados pelo autor entre 1833 e 1845 como O Gato Preto e A Carta Roubada, e elementos das histórias de H.P. Lovecraft a fim de explorar características marcantes nas obras desses autores, como o medo do desconhecido, o limite entre a realidade e o fantástico e a insanidade.

O público é convidado a se caracterizar e viver personagens com perfis preestabelecidos pelo grupo Confraria das Ideias, tendo que tomar decisões baseadas na personalidade e particularidades da figura interpretada. A imaginação e imersão no jogo ditam o tom da narrativa que está sujeita a desfechos inesperados.

Dungeons & Dragons

Ambientada no século XIX, esse LARP acontece em um baile de máscaras da alta sociedade europeia das últimas décadas do século. Nem mesmo em uma ocasião de comemoração e diversão entre os convidados pode evitar o ambiente de penumbra, repleto de mórbidas curiosidades e segredos sombrios.

Conhecido principalmente pelos jogos de mesa como Dungeons & Dragons da década de 1970, o RPG (Role Playing Game) é uma prática no qual jogadores, sob diversas regras, constroem uma narrativa colaborativa ao assumir o papel de personagens.

Já o LARP, ou Live Action Role Playing Game (jogo de interpretação ao vivo, em tradução livre), é a prática de interpretar esses personagens na vida real, em um ambiente adaptado em que os jogadores portam acessórios e roupas customizadas que remetem aos elementos da história a ser seguida.



Confraria das Ideias é um grupo que utiliza o LARP como instrumento para desenvolver o senso-crítico, promover cultura, inclusão social, despertar o interesse pela leitura, aperfeiçoar a prática do LARP, entre outros. Foi fundada em 1999 e formalizada como ONG em 2007 tendo, ao dos anos, organizado diversos eventos culturais relacionados à prática do LARP.

OUTRAS OPÇÕES DE RPG NA PROGRAMAÇÃO DO SESC BELENZINHO

Para aqueles que buscam conhecer o universo do RPG, há ainda na programação duas outras atividades: o curso RPG e Literatura e a vivência Jogos de Tabuleiro.

O curso RPG e Literatura, ministrado por Victor Rodrigues, parte de uma breve descrição geral do mundo onde a história acontece e, junto a exercícios de escrita, os participantes desenvolvem os esboços das personagens a serem interpretados. Victor, o narrador, busca uma aproximação dessas personalidades, sugerindo pontos em comum a partir do prólogo dado, para desenhar o roteiro da crônica.

As sessões de jogo são acompanhadas de intervenções para a produção de textos que auxiliem na compreensão das personagens por parte do grupo, dando solidez às relações. Além disso, o narrador conta com convidados que possam enriquecer o enredo, a partir da identificação com a história desenvolvida. Curso é gratuito e acontece de 15 de fevereiro a 25 de abril de 2020.


The Adventure Zone / Oh Brother 
Victor Rodrigues é poeta, educador e artista de spoken word. Publicou a série de livretos Praga de Poeta, Sinceros Insultos e Aprender Menino. Conduz oficinas de escrita criativa desde 2011 em escolas, centros culturais, bibliotecas e espaços autônomos. Além de ministrar palestras e workshops, propõe rodas de conversa a partir da poesia e trabalha na formação lúdica e literária de professores.

Já a vivência Jogos de Tabuleiro, com o coletivo RPG & Cultura, permite que o público seja introduzido a diferentes jogos de tabuleiro e instigado a participar de partidas. Além dos jogos de tabuleiros, ainda há aqueles de cartas e partidas de RPG.

RPG & Cultura é um projeto criado por jovens da Zona Sul de São Paulo, com o objetivo principal de promover os Role Playing Games - em especial os RPGs de Mesa - e a Cultura Geek no geral. Esta promoção pode se dar através de diversas ações, como Vivências de RPG e afins, Oficinas de Capacitação, Palestras, Eventos e Encontros.

Calendário de atividades:

LARP: HISTÓRIAS EXTRAORDINÁRIAS
Dias 15 e 16 de fevereiro de 2020. Sábado e domingo, às 14h
Local: Sala de Espetáculos II (30 lugares)
Grátis, mediante retirada de senha com 30 minutos de antecedência
Recomendação etária: livre

RPG E LITERATURA
Com Victor Rodrigues
De 15 de fevereiro a 25 de abril de 2020. Sábados, às 14h30
Local: Sala de Oficinas III (vagas limitadas)
Grátis, mediante inscrições presenciais no Espaço de Tecnologias e Artes (1º pavimento)
Recomendação etária: 12 anos

JOGOS DE TABULEIRO
Até 16 de fevereiro de 2020. Sexta a domingo, às 14h
Local: Hall das Oficinas. Grátis.
Recomendação etária: livre

0 comments:

O Farol, Nós e Midsmommar se destacam no Chainsaw Awards 2020


Por Victoria Hope

Quem acompanha a temporada de premiações sabe que a academia costuma esnobar filmes de gênero para suas categorias e é claro que esse ano, o Oscar mais uma vez esnobou três grandes títulos justamente por fazerem parte do gênero de horror.

Já vimos performances como a de Toni Coletti em Hereditário serem completamente esquecidas pela academia e esse ano, Lupita Nyong'o também ficou de fora, apesar de interpretar de forma brilhante, duas personagens na trama de 'Nós' de Jordan Peele, além de  Florence Pugh, que sozinha carregou toda a carga emocional de Midsmommar, mas não recebeu reconhecimento. 

Mas nem tudo é tristeza, pois ontem aconteceu nos Estados Unidos o Chainsaw Awards 2020, considerado o 'Oscar' do Terror e estes três filmes foram os grandes premiados da noite, ao lado de títulos como Histórias Assustadoras para Contar no Escuro, Ready Or Not e Doutor Sono

Confira a lista completa de vencedores:


MELHOR LANÇAMENTO GRANDE



Predadores Assassinos
Doutor Sono
It: Capítulo Dois
Midsommar (Vencedor) 
Casamento Sangrento (Ready or Not)
Nós

MELHOR LANÇAMENTO LIMITADO



Bliss
Daniel Isn't Real
In Fabric
O Farol (Vencedor)
Nightmare Cinema
Satanic Panic

MELHOR FILME DE STREAMING


Eli (Netflix)
Campo do Medo (Netflix)
Little Monsters (Shudder)
Morto Não Fala (Shudder)
A Perfeição (Netflix) / Vencedor 
Velvet Buzzsaw (Netflix)

MELHOR FILME INTERNACIONAL



Hagazussa (Áustria/Alemanha)
Knife + Heart (França/México/Suiça)
Koko-Di Koko-Da (Suécia/Dinamarca)
Luz (Alemanha)
One Cut of the Dead (Japão)
Tigers Are Not Afraid (México) / Vencedor

MELHOR FILME DE ESTREIA



Braid de Mitzi Peirone
Darlin' de Pollyana McIntosh
Girl on the Third Floor de Travis Stevens (Vencedor)
The Hole in the Ground de Lee Cronin
The Wind de Emma Tammi

MELHOR SÉRIE DE TV


Are You Afraid of the Dark?
Castle Rock
Creepshow
Into the Dark
Marianne
Stranger Things 3 (Vencedor)

MELHOR ATOR



Winston Duke por Nós
Lief Edlund Johansson por Koko-Di Koko Da
Ewan McGregor por Doutor Sono
Daniel de Oliveira por Morto Não Fala
Robert Pattinson por O Farol (Vencedor)


MELHOR ATRIZ


Kiersey Clemons por Sweetheart
Caitlin Gerard por The Wind
Lupita Nyong'o por Nós (Vencedor)
Florence Pugh por Midsommar
Samara Weaving por Casamento Sangrento

MELHOR ATOR COADJUVANTE



Alex Breaux por Depraved
Willem Dafoe por O Farol (Vencedor)
Bill Hader por It: Capítulo Dois
John Lithgow por Cemitério Maldito
Jackson Robert Scott por Maligno

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE


Kyliegh Curran por Doutor Sono
Zoey Deutch por Zumbilândia: Atire Duas Vezes
Rebecca Ferguson por Doutor Sono (Vencedora)
Marianne Jean-Baptiste por In Fabric
Ruby Modine por Satanic Panic

MELHOR DIREÇÃO




Ari Aster por Midsommar (Vencedor)
Joe Begos por Bliss
Robert Eggers por O Farol
Mike Flanagan por Doutor Sono
Jordan Peele por Nós
Shin'Ichiro Ueda por One Cut of the Dead

MELHOR ROTEIRO



Ari Aster por Midsommar (Vencedor)
Guy Busick e Ryan Murphy por Casamento Sangrento
Mike Flanagan por Doutor Sono
Grady Hendrix e Ted Geoghegan por Satanic Panic
Jordan Peele por Nós
Shin'Ichiro Ueda por One Cut of the Dead

MELHOR TRILHA SONORA


Cavern of Anti-Matter (In Fabric)
The Haxan CLoak (Midsommar) / Vencedor
Mark Korven (O Farol)
The Newton Brothers (Doutor Sono)
Simon Waskow (Luz)

MELHOR MAQUIAGEM


Morto Não Fala (Britney Federline e Marcelo AMP)
The Dead Don't Die (Mike Marino) / Vencedor
Girl on the Third Floor (Dan Martin)
Bliss (Josh e Sierra Russell)
Depraved (Brian Spears e Peter Gerner)

MELHORES EFEITOS DE CRIATURA


Boar (Steve Boyle)
Brinquedo Assassino (Todd Masters)
O Farol (Adrien Morot)
Sweetheart (Neville Page)
Itsy Bitsy (Dan Rebert)
Histórias Assustadoras para Contar no Escuro (Spectral Motion) / Vencedor

MELHOR CENA DE MORTE (CATEGORIA ABERTA)



Midsommar - Christian na pele de urso (Vencedor)

0 comments:

'Homeland' retorna para última temporada nesse domingo na Fox Premium 2



Por Victoria Hope

Nesse domingo, Homeland  retorna para as sua oitava e última temporada na Fox Premium 2, com o desfecho das missões de espionagem de Carrie Mathison (Claire Danes) e uma última missão de tirar o fôlego no Afeganistão.

Após um hiato de dois anos, o primeiro episódio da temporada final começa com a especialista da CIA se recuperando no centro de tratamento após sofrer PTSD por ficar presa e isolada por mais de sete meses na prisão da Rússia.

Sem nem ao menos ter tempo de se recuperar completamente, Carrie, que agora está sofrendo com lapsos de memória, é questionada por seus colegas da C.I.A sobre a verdade do que realmente aconteceu no oriente médio durante sua missão.

Nesse meio tempo, ela é chamada por Saul Berenson ( Mandy Patinkin), que agora é o Conselheiro  Oficial do Presidente Warner, para uma missão de paz entre o governo afegão e o Talibã, com ajuda de uma novata que chegou para acompanhá-la nos reportes.

Homeland / Fox Premium 2

Nem é preciso dizer que esse acordo de paz não ocorre da forma esperada e agora Mathison deve correr contra o tempo para realizar sua própria missão por conta própria, enquanto tenta recuperar sua memória e lembrar do que aconteceu na Rússia e no Afeganistão há sete meses atrás.

A nova temporada retoma o fôlego encontrado logo nas primeiras temporadas, sem romantizar os conflitos, mas sim com pés no chão, mostrando a verdadeira face da guerra e reafirmando que nela não há 'vencedores', mas sim muitas vidas, principalmente inocentes, perdidas.

Neste domingo (9), você vai acompanhar a estreia da última temporada de “Homeland”, às 23h30min, no canal Fox Premium 2. Os últimos doze episódios da série serão exibidos de forma simultânea entre Brasil e Estados Unidos

0 comments:

[Review] Maria e João: O Conto das Bruxas



Por Victoria Hope


Quem é apaixonado por contos de fadas, sempre imaginou uma adaptação sombria do principal conto dos Irmãos Grimm e Maria e João chega esse ano justamente para atender aos pedidos de quem é fascinado pela história.

Fazendo jus ao título, Maria e João: O Conto das Bruxas conta a história de dois irmãos que são expulsos de casa por sua própria mãe e partem em meio a floresta para encontrar algum lugar seguro onde possam se abrigar.  

Logo no início, o tom do filme já mostra que o foco central da história é na personagem Maria e na temática das bruxas, sempre associada ao empoderamento feminino.  A todo momento sentimos um frio na espinha, onde temos a impressão de que o perigo está sempre a espreita.


Gretel & Hansel / Imagem Filmes

A relação entre os dois irmãos é excelente e mostra muito do que era a relação entre irmãs e irmãos daquele século, onde a mulher, mesmo que mais nova, tinha de desempenhar não apenas o papel de irmã, mas também de mãe do caçula.

O elenco faz um ótimo trabalho, apesar de que alguns diálogos parecem longos demais, se arrastando ao longo da trama que já é suficientemente lenta e o aspecto escuro do filme também acaba contribuindo para que a história demore muito para se desenvolver.

Falando sobre o mito dentro de Maria e João, manter o foco na história das bruxas e em suas tradições foi um twist muito interessante para o conto, que antigamente tinha a função de ensinar as crianças a obedecer seus pais, enquanto na nova versão, a mensagem que fica é a de que as crianças devem confiar nos próprios instintos e que nem sempre o lar é um lugar amoroso.


A bruxa anfitriã / Imagem Filmes

A fotografia apesar de escura é impécável e traz uma sensação de realismo enorme para as cenas, já que o tempo todo os espectadores sentem a mesma ansiedade dos protagonistas, mas talvez a faixa etária do filme, de PG-13 seja um dos maiores vilões nessa história. 

Muito poderia ter sido aproveitado, porém vale ressaltar que a trama da bruxaria foi muito bem abordada e uma forma de trazer aspectos mais contemporâneos para dentro da história. 

Como uma adaptação, Maria e João consegue trazer originalidade ao conto dos irmãos Grimm, porém a forma que a história se desenvolve é um pouco maçante, com tramas e subtramas nem sempre resolvidas, o que faz que o longa perca o fôlego, mas o recupere logo perto dos últimos minutos da trama.

Maria e João estreia no dia 20 de Fevereiro nos cinemas 

Nota: 7.5/10

0 comments:

Conheça o 'Vassoura Quebrada', hamburgueria temática de Harry Potter em São Paulo




Por Victoria Hope

O ano finalmente começou e nossa equipe visitou mais uma vez a concorrida hamburgueria Vassoura Quebrada, localizada na Região de Perdizes em São Paulo. Em 2018 fizemos uma matéria contando um pouco sobre o local, mas nesses dois anos, ele passou por uma grande reforma e agora conta com várias novidades.

Para quem é fã da saga do bruxinho Harry Potter, o local é o ambiente perfeito para mergulhar nesse universo mágico. Imagine que você está no universo do personagem e está andando por Hogsmeade em busca de um restaurante novo, esse é o Vassoura Quebrada.

Algumas das novidades mais legais ficam por conta de dois ambientes novos, além de vários pratos, bebidas e sobremesas novas no cardápio do restaurante.

Crédito: Vassoura Quebrada 
Começando pelo espaço mais antigo, a parte superior conta com dois ambientes diferentes à meia luz com uma decoração muito parecida com a de um casarão, mas vale o aviso, para subir até o piso superior, você conta apenas com a escada, pois não há elevadores.


No andar térreo, você encontra um local completamente iluminado, com telhado de vidro e um cenário que parece ter saído diretamente da sala de Herbologia da Senhora Sprout. Todos os espaços do restaurante são instagramáveis e é possível tirar fotos de celular e câmera.


Ainda no cenário de Estufa, o ar condicionado é ótimo, pois durante o meio dia, o sol forte atinge as telhas de vidro. É definitivamente o ambiente mais iluminado para fotos na hamburgueria.


Essas são algumas das fotos que tiramos no cenário externo do Vassoura Quebrada. Caso vá sozinho, não se preocupe, pois a equipe de bruxos e bruxas do restaurante pode te ajudar nessa tarefa, mas fica a dica: Visitem ao longo da semana, pois sem o agendamento pelo app Get Inn, é quase impossível conseguir entrar no fim de semana sem fila de espera. 


O cardápio ganhou uma repaginada com alguns pratos e bebidas novas, mas os tradicionais hamburgueres Lapônica e Porcurum continuam por lá, além da deliciosa Cerveja Espumante, que na verdade é um milkshake. Para fazer um pedido, basta acenar com a varinha que está em cada uma das mesas, que logo um bruxo ou bruxa irá até você.


Pedimos por um Lapônica, cervejas espumantes e anéis de cebola, mas fica a dica, as porções de batata são gigantes e 1 serve muito bem de três à quatro pessoas. Há também a novidade das sodas coloridas e refrigerantes variados, além de uma versão alcoólica da Cerveja Espumante.


Outro aviso, apesar de o cenário ser a coisa mais fofa, não pegue nenhum dos objetos dispostos nas estantes para tirar fotos. Você pode usar as varinhas das mesas para tirar selfies, tiktoks, vídeos em geral e tudo mais, porém, lembre-se das regras de etiqueta em restaurantes e não mexa na decoração.


Descendo um lance de escada após a Estufa, você encontra o terceiro e último ambiente, o porão, onde diversas mesas estão dispostas, além de livros, poções e uma chaminé onde você pode tirar fotos como se estivesse prestes a 'aparatar'. 


Nos armários, vemos exemplares das mais diversas publicações mágicas, desde a revista Quibbler aos mais famosos tablóides bruxos. Todo o cenário é muito bem pensado e até mesmo um anúncio de um certo Prisioneiro de Askaban você encontra por lá... 


O porão lembra muito as Masmorras do universo de Harry Potter em um ambiente à meia luz, embalado por velas 'mágicas' que piscam a todo momento. É o lugar ideal para quem prefere ter uma refeição num local mais soturno, arejado e intimista.


Antes de sair do restaurante, não se esqueça de tirar fotos com os posteres temáticos do universo bruxo. O mais incrível é que tudo foi muito bem pensado para aludir ao universo de HP, mas sem fazer referências diretas à ele. 


Outra novidade no restaurante é uma lojinha se souvenirs com produtos oficiais licenciados de Harry Potter, desde doces à bonecos colecionáveis. A maioria é importada diretamente dos Estados Unidos ou Inglaterra.


Colecionadores de Funko também encontram coleções exclusivas e até mesmo Funkos raros nas estantes, além de diversos livros relacionados ao universo de Harry Potter. Para potterheads, o local já se tornou um grande ponto de encontro para discussões e meetups entre fãs paulistas.

Sobre o Restaurante

Vassoura Quebrada

Endereço: Rua Desembargador do Vale, 836 - Perdizes, São Paulo - SP, 05010-040
Horário: 12h às 22h30 de Terça à  Sexta, das 14h às 22h00 aos sábados e 14h às 18h aos domingos.
Reservas: https://restaurante.getinapp.com.br/

0 comments:

[Review] Aves de Rapina



Por Victoria Hope



Empoderamento, muito bom humor e violência são os principais ingredientes do aguardado Aves de Rapina da Warner que estreia nessa quinta feira. O filme é um spinoff  de Esquadrão Suicida, da DC Comics. 

Muito diferente do que o público esperava, Aves de Rapina não é um só mais um 'Esquadrão Suicida', mas sim um filme com muita representatividade e empoderamento feminino. Tudo, desde as cenas de ação, às roupas e escolhas de trilha sonora ficaram por conta de Margot Robbie, que se assegurou em contratar uma equipe 90% feminina para a criação do longa.

No início os fãs ficaram com dúvidas sobre a participação da Arlequina, já que leitores dos quadrinhos sabem que a vilã faz parte de outro grupo, as Sereias de Gotham, mas a ideia de trazer essas personagens de Birds Of Prey junto à vilã partiu da própria Margot.

Harley 'emancipada' / Warner Bros
Um dos grandes destaques do filme com certeza fica por conta da Arlequina, que rouba a cena em todos os momentos, mais hilária que nunca. Agora 'emancipada' após o término com o Coringa, Harley se torna um dos principais alvos de todos os criminosos e da própria delegacia de Gotham.

Sem a proteção do Príncipe do Crime, Arlequina deve aprender a se virar sozinha, tomar suas próprias decisões e tentar sobreviver sem que alguns dos principais vilões de Gotham cortem sua cabeça. 

Ao longo do filme conhecemos também a história de outras quatro personagens, sendo uma delas a cantora de voz mortal Dinah (Canário Negro), a jovem orfã Huntress, Renee Montoya, detetive veterana da Polícia e Cassandra Cain, a ladrazinha  adolescente (e futura BatWoman nas HQs) 

Dinah e Harley/ Warner 
Por conta do foco do filme ser quase inteiramente voltado à Harley, pouco aprendemos sobre a história das outras personagens ao longo do filme, a não ser por pequenos blocos de informação de fundo apenas para termos um contexto delas.

Esse talvez seja um dos pontos negativos do filme, pois ao focar apenas na Harley, pouco se mostrou sobre as verdadeiras Aves de Rapina e a narrativa acaba fazendo com que a personagem da vilã se torne realmente o foco mais interessante do filme.

Tirando esse fato, o filme é recheado de muita ação, bom humor e é claro, a boa e velha violência que realmente mereceu o selo de faixa etária acima dos 18 anos. É um filme pesado em termos de ação, porém divertido por conta das presepadas da Harley, Cassandra e Huntress, principalmente. 

Birds of Prey / Warner Bros
Falando sobre elenco, todos estavam excelentes, mas vale o destaque também para Ewan McGregor, interpretando o pomposo vilão Máscara Negra e seu fiel capanga Victor Zsasz, um dos mais polêmicos personagens da DC. 

Ewan representa aqui um Máscara excêntrico, gay, misógino e violento, assim como sua versão dos quadrinhos e não deixa nada a desejar. De forma as vezes afetada, o vilão consegue ser engraçado quando quer, mas sem perder o tom de vilania. 

Desde o anúncio do filme, houve resistência por parte do público masculino em aceitar um filme de 'super herói' com protagonistas femininas, o que pode definitivamente afetar a bilheteria do longa, mas se você ama quadrinhos, personagens femininas fortes e uma boa dose de violência gratuita, vai amar o filme. Ah e sim, existe uma 'cena pós créditos', mas é apenas um áudio, então se prepare. 

Aves de Rapina estreia nessa quinta feira, 6 de fevereiro, em todos os cinemas do Brasil. 

Nota: 9/10

0 comments: