Navigation Menu

Telecine anuncia plano de assinatura mais barato para o streaming


Por Victoria Hope

Novo plano básico permite ao usuário conferir os mais de dois mil títulos disponíveis na plataforma a partir de R$23,90 mensais


O Telecine, hub de cinema, apresenta um novo plano de assinatura para sua plataforma de streaming, por R$ 23,90. O pacote permite acesso a todo conteúdo da plataforma, em uma tela por vez, e em até dois dispositivos cadastrados.

Além do plano básico, o Telecine segue oferecendo o plano Completo, que permite acessar até três telas simultaneamente e criar cinco perfis, em até cinco dispositivos cadastrados. O plano completo também garante meia entrada nos cinemas das redes UCI e Kinoplex em uma parceria com o Ingresso.com.

"A mudança no modelo de oferta vai de encontro ao nosso principal valor que é manter o consumidor no centro de tudo. Ele é o propósito e a razão do nosso negócio. Por isso, trazemos o plano básico como mais uma opção para esse perfil de consumidor que ama cinema e busca cada vez mais conteúdo", afirma Eldes Mattiuzzo, Diretor Geral do Telecine.


 Confira os novos preços Telecine:


Acesse aqui a plataforma de streaming do Telecine.

0 comments:

'Frozen 2' ganha novo pôster e trailer inédito



Por Victoria Hope

A Disney divulgou hoje o novo trailer de Frozen 2. O filme se passa três meses após os acontecimentos da primeira animação. O novo vídeo mostra Elsa, Anna, Kristoff, Olaf e Sven em uma perigosa expedição enquanto o reino de Arendelle encara um perigo desconhecido

Durante a jornada, eles encontram novos personagens e descobrem mais sobre si mesmos. Frozen 2 tem estreia marcada para o dia 2 de janeiro de 2020 no Brasil. Lançado em 2013, Frozen: Uma Aventura Congelante se provou um dos maiores sucessos de bilheteria da história da Disney. O longa faturou mais de US$ 1,27 bilhão ao redor do mundo.

Elsa vai lutar ao lado da irmã e seus novos amigos no novo longa / Divulgação

Confira o trailer dublado abaixo:


 

0 comments:

Confira a programação da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo



Por Victoria Hope


Após um início turbulento para os festivais de cinema e arte no Brasil, a 43ª Mostra Internacional de São Paulo vai acontecer entre os dias 17 e 30 de outubro, com cerca de 300 filmes em sua programação. Além do circuito tradicional, com cinemas como Petra Belas Artes, Espaço Itaú e Reserva Cultural, o evento ainda vai ter sessões gratuitas no Teatro Municipal -- uma delas, a mais especial, será para celebrar Turma da Mônica: Laços, uma das maiores bilheterias nacionais.

Falando em filmes brasileiros, aliás, há celebração do País. Renata de Almeida, diretora do evento, ressaltou que o filme que abre tem produção brasileira (Wasp Network, de Olivier Assayas, produzido por Rodrigo Teixeira e adaptado do best-seller de Fernando Morais, Os Últimos Soldados da Guerra Fria) e o que encerra é dirigido por um brasileiro (Dois Papas, produção da Netflix com Anthony Hopkins dirigida por Fernando Meirelles).

Confira a lista com os principais filmes que serão exibidos durante a mostra: 

The Wasp Report (Retrospectiva Olivier Assayas)



Dono da única retrospectiva dedicada a um cineasta na edição deste ano, o francês Olivier Assayas nos últimos anos ganhou maior destaque no mainstream graças a projetos como “Personal Shopper” e “Acima das Nuvens”, mas é dono de uma filmografia de respeito e que data dos anos 90. Para quem conheceu o diretor só nesta década, a Mostra 2019 deve servir como bom ponto de partida para explorar a sua vasta carreira e conhecer produções muito queridas no meio como “Irma Vep” e “Clean”. Além disso, o novo trabalho de Assayas, “WASP Network”, não apenas está na programação como também abrirá os trabalhos do festival este ano.

Amazing Grace



Falecida em meados de agosto de 2018, a celebrada cantora Aretha Franklin ganhou este ano um filme concerto em sua homenagem que a bem da verdade já está há um bom tempo para sair – quase 50 anos, para ser exato. Dirigido pelo também já falecido Sydney Pollack em 1972, “Amazing Grace” se viu enrolado em um longo processo jurídico após anos enterrado nos arquivos da Warner Bros., que na época decidiu não lançar o longa dado as dificuldades para sincronizar o áudio com as imagens captadas durante as gravações do então novo disco da artista (o “Amazing Grace” do título) em Los Angeles.

Enfim estreado no circuito no fim do ano passado, o projeto tem sido celebrado em todos os locais onde é exibido e chega à Mostra sob a promessa de ser um dos filmes mais catárticos para o público do evento.

O Farol



Renata de Almeida disse na coletiva da Mostra, que este aguardado filme terá apenas uma sessão no Auditório do Ibirapuera -- e nem se sabe se será gratuita, paga ou para convidados. O astro Willem Dafoe (Projeto Flórida) ainda virá ao Brasil para apresentar o filme à imprensa e ao público. Mas o fato é que há muito interesse ao redor de The Lighthouse, novo longa de Robert Eggers (do queridinho A Bruxa).

No longa, o responsável por um farol de uma ilha isolada contrata um jovem para substituir o ajudante anterior e colaborar nas tarefas diárias. No entanto, o acesso ao farol é mantido fechado ao novato, que se torna cada vez mais curioso. Enquanto os dois homens se conhecem e se provocam, o rapaz fica obcecado com fenômenos estranhos começam a acontecer ao seu redor. O elenco conta com Dafoe e Pattinson (de Bom Comportamento).

The Report



Depois do estrondo político e social causado pelo 11 de setembro, os agentes especializados da CIA iniciaram uma força-tarefa de interrogatórios utilizando táticas avançadas na intenção de descobrir aqueles que estavam, de alguma forma, acobertando ou planejando o atentado. Aparenta ser um filmaço de Scott Z. Burns (roteirista do mediano Somente o Mar Sabe) com Adam Driver e Annette Bening.

Parasita



Filme que ganhou a Palma de Ouro de Cannes em 2019. Conta a história de uma família de trapaceiros, pobre e desempregada, que começa a se infiltrar na casa, na vida e na rotina de uma rica família coreana -- daí que vem a brincadeira com o título de "parasita". A partir daí, o cineasta Bong Joon-ho (Okja, O Expresso do Amanhã) desenvolve uma dramédia que se desenvolve a partir de dramas sociais e excelentes críticas a divisão de classes na sociedade.

O filme foi o primeiro a ganhar nota 10 pela nossa equipe da Amélie e merece ser prestigado pela genialidade não apenas de Bong, como também pelo excelente trabalho do elenco.

A Vida de Eurídice Gusmão


O novo filme de Karim Aïnouz, dos incriveis longas 'O Céu de Suely' e 'Praia do Futuro', Ééo indicado pelo Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e ganhou força depois que a Amazon comprou os direitos de distribuição -- dá muita visibilidade para o filme junto à crítica internacional. Por fim, foi premiado em Cannes na mostra Un Certain Regard, que é a competição paralela do famoso festival.

O longa-metragem já passou por um grande número de festivais pelo mundo todo -- inclusive no brasileiro Cine Ceará. Mas, ainda assim, é uma boa oportunidade de ver o filme antes de estrear no circuito em 31 de outubro. O clima, com certeza, ajuda.

Dois Papas



Além de ser o novo longa-metragem do talentosíssimo Fernando Meirelles (de Cidade de Deus), Dois Papas é um filme da Netflix que tem potencial de repetir os feitos de Roma -- tem um bom elenco, é bem dirigido e pode acabar fazendo a corrida por fora do prêmio.

Mas o grande ponto à favor deste filme na Mostra, que conta detalhes da relação entre o Papa Bento XVI e Papa Francisco, é a oportunidade única de vê-lo na tela grande. Sendo uma produção da Netflix, que parece ter ojeriza ao cinema, as chances dele correr as salas escuras é mínima. É interessante, assim, aproveitar a brecha na Mostra.

Para adquirir ingressos ou credenciais antecipadas para o evento, clique aqui.

0 comments:

BGS 2019 | Veloe leva público para jogar em estande e interagir com influenciadores



Por Victoria Hope


Os influenciadores Montalvão, Azaghal e Alexandre Ottoni do Jovem Nerd participam de ações da marca durante o evento 


Os jogos mais modernos, as atualizações dos que já existem, conhecer seu influenciador preferido de perto é o que leva verdadeiras multidões de várias idades à Brasil Game Show. E para quem for este ano, a Veloe preparou um game especial no estilo da marca “Piscou, passou” para interagir com o público.

Quem visitar o estande poderá jogar num simulador de estrada: a pessoa precisa piscar para abrir a cancela e passar direto. As piscadas valem pontos e o visitante pode ganhar brindes. O jogo também estará disponível no Instagran da Veloe para quem quiser conhecer. No estande os gamers poderão tirar fotos 3D e receber a recordação por email.

Os influenciadores Montalvão, Azaghal e Alexandre Ottoni do Jovem Nerd também farão parte das ações da Veloe no evento. Montalvão marcará presença dias 10 e 11 para interagir com o público e Azaghal e Alexandre Ottoni, do Jovem Nerd estão confirmados para dia 12 para conferir o game da Veloe.

Participar da BGS é uma das formas de estarmos juntos ao nosso público, que é conectado, ligado em novidades e games”, afirma André Turquetto, diretor de Marketing e Produtos da Alelo. “Como uma marca jovem, inovadora e que já nasceu com DNA digital, não poderíamos estar de fora. Além disso, quem estiver na BGS poderá sair com a sua Veloe em mãos pra dar adeus às filas. Juntar moedas, só no game” explica.


Veloe é uma unidade de negócios da Alelo para pagamento automático de pedágios e estacionamentos, que nasceu para descomplicar o caminho das pessoas e tornar o trajeto das pessoas mais fluído.

A marca tem planos pós e pré-pagos para atender todo tipo de perfil de clientes e está com uma promoção especial com 12 mensalidades grátis sem fidelidade. Mais informações no site www.veloe.com.br 

0 comments:

Lupo estreia na Brasil Game Show 2019


Por Victoria Hope

A Lupo realiza sua estreia na 12ª edição da Brasil Game Show 2019, a maior feira de jogos eletrônicos da América Latina, que acontece entre 9 e 13 de outubro. 

O espaço exclusivo de 150m² oferece diversas atrações para o público do evento, como a pop up
store que apresenta novidades da Lupo Urban, linha de meias inspiradas na cultura
pop e que estará disponível para venda durante o evento.

Para alegria dos fãs e colecionadores, a Lupo lança modelos inéditos na BGS 2019, como a linha de meias com estampas do icônico personagem Mario Bros, compostas de elementos vibrantes. Já em parceria com a Marvel, a turma de super-heróis de Os Vingadores e O Homem-Aranha ganham vida em meias com fundo em tons sóbrios e detalhes que contrastam em amarelo, vermelho, azul, roxo e verde.

A Lupo investe em um mix diversificado de produtos com estamparia fun, inspirada nos principais personagens do cinema e jogos eletrônicos. Além das clássicas meias,verdadeiros best-seller da marca, também poderão ser vistas peças do portfólio underwear.

O estande da marca ainda conta com um espaço dividido em estações personalizadas,
permitindo que o público experimente os diferentes jogos icônicos de Mario Bros.
Lupo. 


0 comments:

The Walking Dead | Invasão Zumbi chega à Fox e a ESPN nesse mês


Por Victoria Hope

A ESPN Brasil e a FOX voltaram a unir forças para divulgar a nova temporada de The Walking Dead, com estreia no próximo domingo, 6 de outubro. Na edição desta sexta-feira do BB Debate, tradicional do início das tardes no canal esportivo, uma invasão zumbi aconteceu nos estúdios da emissora, em São Paulo.

Após a invasão, o comentarista Jorge Nicola surgiu em cena caracterizado de zumbi, enquanto Celso Unzelte, também integrante do BB Debate, se responsabilizou por espantar os zumbis com o bastão do personagem Negan em mãos.

Há duas semanas, novamente na ESPN Brasil, o programa Mina de Passe fez uma relação entre jogadoras do futebol feminino com as mulheres de The Walking Dead, mostrando as semelhanças de personalidade entre os nomes do universo do esporte e da consagrada série da FOX.

A décima temporada de The Walking Dead estreia no Brasil no domingo, dia 6 de outubro, às 22h, no FOX Channel.

Assista à invasão dos zumbis no BB Debate: 
https://www.instagram.com/p/B3NFoIlnV36/

0 comments:

CCSP | Diretoras chinesas são celebradas na 5ª Edição da Mostra de Cinema Chinês de São Paulo



Por Victoria Hope

A Mostra de Cinema Chinês de São Paulo comemora a sua a 5 ª edição com uma homenagem as "Diretoras Chinesas Contemporâneas". O evento, que acontece de 4 a 13 de outubro no CCSP (Centro Cultural São Paulo), tem entrada gratuita e é realizado pelo Instituto Confúcio da Unesp.

Com a curadoria de Wang Yao, Pesquisador da Academia de Cinema de Pequim, a programação deste ano traz uma seleção de nove longas dirigidos por mulheres e inéditos no Brasil.  Os filmes estão divididos em dois ciclos: "A fina flor da 5ª Geração" e "Diretoras chinesas da nova geração".

Abrindo a 5ª Mostra de Cinema Chinês, para convidados no dia 3 de outubro,  Lembre-se de mim, por favor, da cineasta Peng Xiaolian, falecida recentemente. Vencedor do 13º Festival de Cinema Chinês de Paris, o longa conta a história de Cai Yun, atriz de ópera em uma pequena cidade que ao mudra para Xangai, descobre a antiga coleção de filmes de seu colega de quarto e fica fascinada pela trajetória da atriz Huang Zongying. Uma ode ao amor e à arte, por meio dos quais as personagens buscam dar sentido às suas vidas.

Filme 'Lembre-se de Mim Por Favor' / Divulgação
O ciclo "A fina flor da 5ª Geração" apresenta os 5 filmes mais recentes de premiadas cineastas, entre eles estão Lembre-se de mim, por favor, dirigido por Peng Xiaolian; Uma cidade chamada Macau, de Li Shaohong; Entrando na Cidade Proibida, dirigido por Hu Mei e eleito o filme de Maior Destaque na Mídia no 21º Festival Internacional de Cinema de Xangai,  Diário de polícia/Viver e morrer em Ordos, da cineasta Ning Ying, e  Flores vermelhas e folhas verdes, de Liu Miaomiao, que estará presente na Mostra deste ano num bate-papo com o público.

Quatro obras dirigidas por mulheres e premiadas nos maiores festivais internacionais deste ano e do ano passado foram escolhidas para compor o Panorama "Diretoras chinesas da nova geração".

Filme 'Um último Adeus' / Divulgação
Trabalhos inaugurais de suas diretoras, os filmes são: Um primeiro adeus, de Wang Lina, eleito melhor Filme pelo Júri Internacional da Mostra da Nova Geração no Festival Internacional de Berlim, Garotas sempre felizes, de Yang Mingming, ganhador do Pássaro de Fogo e Prêmio Febsie no Festival Internacional de Cinema de Hong Kong, A travessia de Bai Xue, prêmio de melhor Nova Diretora no 13º Prêmio de Cinema Asiático (AFA) e Três aventuras de Brooke, de Yuan Qing, indicado ao melhor filme no 75º Festival de Cinema de Veneza.

A Mostra de Cinema Chinês de São Paulo é uma realização do Instituto Confúcio na Unesp, em parceria com o Centro Cultural São Paulo e a Spcine. Ela se tornou uma atividade cultural de grande influência e referência para a promoção e divulgação do cinema chinês no Brasil.

Programação

04/10 (Sexta-feira)
16h – Uma cidade chamada Macau  - 120'
18h20 –  Lembre-se de mim, por favor – 96';
20h20 – Flores vermelhas e folhas verdes – 96'

05/10 (Sábado)
15h – Uma cidade chamada Macau 120';
17h30 – Flores vermelhas e folhas verdes – 96';
19h15 – Q&A  com a diretora do filme, Liu Miaomiao

06/10 (Domingo)
 16h – Viver e morrer em Ordos – 113';
18h30 – A travessia - 99';
20h30 – Um primeiro adeus – 88';

08/10 (terça-feira)
18h – Três aventuras de Brooke - 100';
20h  –Garotas sempre felizes 117';

09/10 (Quarta-feira)
18h – Três aventuras de Brooke 100';
20h – Uma cidade chamada Macau 120' ;

10/10 (Quinta-feira)
16h – Flores vermelhas e folhas verdes – 96';
18h – Um primeiro adeus 88';
20h – Garotas sempre felizes 117';

11/10 (Sexta-feira)
15h30 – A travessia 99';
17h30 – Lembre-se de mim, por favor – 96';
20h – Entrando na cidade Proibida – 113';

12/10 (Sábado)
15h30 – Três aventuras de Brooke 100';
17h30 –  Viver e morrer em Ordos 113';
19h50 – Entrando na cidade Proibida – 113';

13/10 (Domingo)
16h – A travessia - 99';
18h – Um primeiro adeus – 88';
20h – Viver e morrer em Ordos – 113';

Programação completa: www.institutoconfucio.unesp.br

------

Serviço
5ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS
Datas: De 03 a 13 de outubro 
Local: CCSP – Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000 – São Paulo)
Sala: Lima Barreto| 99 lugares
ENTRADA GRATUITA
Classificação Indicativa: Livre

Retirada dos ingressos: 1h30 antes da sessão

0 comments:

Outubro Rosa: Pacientes em tratamento de câncer têm dia de modelo em SP


Por Victoria Hope


Sororidade, empoderamento e autoestima são alguns dos temas de uma ação mais do que especial, promovida pela Universidade Anhembi Morumbi em parceria com o CRSM do Hospital Pérola Byington, durante o Outubro Rosa.

No dia 4 de Outubro, sexta feira, alunos e docentes da Universidade Anhembi Morumbi produzem os looks, que serão estrelados por pacientes em tratamento contra o câncer de mama e nessa edição, o evento também vai contar com um homem que está em tratamento contra o câncer de mama e também irá desfilar na passarela.

Pelo nono ano consecutivo, a parceria entre a universidade e o hospital promove o empoderamento de pacientes de câncer de mama através da moda. Ele é gratuito, aberto ao público e tem como objetivo estimular a autoestima das pacientes e conscientizar os alunos de Moda sobre sua responsabilidade social.

Divulgação 
Receber o diagnóstico de uma doença grave é sempre muito difícil para todas as pessoas, não importa a idade e quando se trata do câncer de mama, principalmente da temida mastectomia, tudo se torna ainda mais delicado, pois para muitas mulheres, a auto estima pode se tornar ainda mais frágil nesse momento.

Para transformar esse momento tão difícil em uma experiência positiva e para trazer bem-estar emocional para as pacientes, a universidade em parceria concebeu o evento que já está em sua 15ª edição, a fim de mostrar às pacientes que elas podem sim, ser fabulosas e ser as verdadeiras protagonistas de seu próprio destino. 

Divulgação

Serviço:

15º Desfile da Primavera 
Universidade Anhembi Morumbi
Data: 04 de outubro de 2019 (sexta-feira)
Horário: às 15h30 – Retirada do ingresso a partir das 15h na bilheteria 
Local: Câmpus Mooca – Teatro Experimental
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 993

0 comments:

Stranger Things é renovada para a 4ª Temporada


Por Victoria Hope

Já podem comemorar, cidadãos de Hawkins! A Netflix renovou Stranger Things para a quarta temporada e assinou com os irmãos Duffers, criadores e showrunners da série, um acordo para o desenvolvimento de séries e filmes por vários anos.

"Os irmãos Duffer cativaram espectadores em todo o mundo com Stranger Things e estamos muito felizes em expandir nossa relação com eles para trazerem sua vivaz imaginação para outros filmes e séries que nossos assinantes vão amar", disse Ted Sarandos, Chefe de Conteúdo, Netflix. "Estamos ansiosos para ver o que os irmãos Duffer vão preparar quando saírem do Mundo Invertido."

"Estamos muito entusiasmados em continuar nossa relação com a Netflix. No início de 2015, Ted Sarandos, Cindy Holland, Brian Wright e Matt Thunell nos deram uma grande oportunidade e também ao nosso show - e mudou nossa vida para sempre. Desde a primeira reunião de apresentação até o lançamento de Stranger Things 3, toda a equipe da Netflix foi sensacional, nos dando o apoio, a orientação e a liberdade criativa que sempre sonhamos. Mal podemos esperar para contar muitas outras histórias juntos - começando, é claro, com uma viagem de volta ao Mundo Invertido", disseram os irmãos Duffer.

O anúncio veio com um teaser, dando um aperitivo misterioso do que vem pela frente. O vídeo de 45 segundos foi postado nas redes sociais e no YouTube, com a legenda: "Não estamos mais em Hawkins"

0 comments:

[Review] Coringa



Por Victoria Hope

Não sabia exatamente o que esperar assim que entrei na sala de Coringa, porém tinha plena certeza de que sendo um erro ou acerto, Joaquin Phoenix entregaria um trabalho primoroso, afinal ele é artista de Método e foi uma felicidade imensa perceber que meu palpite se tornou realidade.

Com tanto hype em cima de um filme que sequer foi lançado, sites como Rotten TomatoesMetaCritic e Letterbboxd, contribuíram para que uma legião de fãs do personagem aprovasse o longa e a onda de elogios não parou por aí, pois durante o lançamento no Festival de CannesCoringa foi ovacionado pela crítica e logo em seguida, o filme ganhou o Leão de Ouro no Festival de Veneza.

Coringa é sem dúvidas o filme mais original dentro da leva de 'filmes de super heróis' que eu já vi dentro do gênero, porém a história bebe demais de fontes como clássicos 'Taxi Driver', 'Laranja Mecânica' e 'O Rei da Comédia'.

Se você não conhece pelo menos um dos filmes citados acima, recomendo que assista para entender totalmente as referências utilizadas no filme, principalmente para absorver o personagem de Robert DeNiro na trama. A quantidade de citações indiretas ou diretas à esses clássicos de ação não chega a ser incômoda, porém demonstra um certo medo de usar mais da criatividade para criar uma história completamente nova.

Cena de Joker / Warner Bros.
Joaquin Phoenix consegue se superar em Coringa, capaz de demonstrar não apenas um, mas três, até mesmo quatro sentimentos em cada frame e ele não falha em nos fazer sentir empatia pelo personagem no início, assim como também não falha em nos fazer odiar o personagem a partir do momento em que ele se torna o grande vilão da história.

Começamos a trama conhecendo um pouco da rotina diária de Arthur Fletcher, um homem neuro atípico e pobre que cuida de sua mãe acamada. Ele trabalha em diversos empregos e bicos para conseguir sustentar os tratamentos que sua mãe precisa, mas mesmo assim, mal ganha para comprar seus próprios medicamentos 'tarja preta'.

Por ter sintomas de diversas questões mentais como depressão e uma 'ramificação' de Síndrome de Asparger que o faz rir descontroladamente, Arthur se vê em um beco sem saída, trabalhando em um péssimo bico de palhaço, onde é humilhado por pedestres e colegas de trabalho o dia inteiro por sua condição.

Se o Coringa de Heath Ledger era assombroso porque parecia ser uma força da natureza, o Coringa de Joaquin é absolutamente humano. Arthur não é uma idealização de um conceito, ele é uma pessoa com motivações nítidas, apesar de que nem tudo que ele faz é planejado, pois não sabemos o que esperar nem de Arthur, muito menos desse Coringa. Ambos são extremamente instáveis.

Coringa em uma das cenas do filme / Warner Bros
A partir do momento em que Arthur se torna o Coringa, o filme começa a ganhar um novo tom, bem mais sombrio e melancólico, apesar de que o primeiro ato é tão intensamente soturno.

Tudo na trama é absolutamente sombrio como deveria ser e apesar de não ter muita ação prática, o filme consegue de forma primorosa apostar nos jogos mentais do vilão para nos guiar por dentro da mente diabólica do personagem.

Em alguns momentos o filme até tenta mencionar questões políticas e sociais, mas nesse quesito, fica ligeiramente 'em cima do muro', apesar de atacar temas como o capitalismo e a desumanização das pessoas, principalmente cidadãos menos abastadas como Arthur e sua mãe que mal vivem do wellfare.

Isso seria algo ruim? Não necessariamente, pois o próprio personagem Coringa é um agente do caos e a própria trama muitas vezes segue essa mesma linha. Nunca sabemos de que lado o protagonista está, apenas sabemos que ele tem fortes críticas a camada mais rica de Gotham, principalmente contra a família Wayne.

Coringa em um de seus devaneios / Warner Bros
O personagem Coringa defende a ideia de que as coisas no mundo precisam de caos, que precisam ficar muito ruins e deploráveis para que as pessoas se incomodem e comecem a querer mudar a realidade de verdade e isso é um dos pontos que faz o protagonista ganhar tantos seguidores na trama.

Enquanto Arthur ainda é apenas um palhaço de loja de penhores, mesmo com tanta tristeza, ele ainda possuía um resquício de esperança de que as coisas iriam mudar, mas a partir de o momento em que empresários o atacam em um metrô após um dia horrível de trabalho, é aqui que o personagem cai completamente no fundo do poço e entende sua verdadeira 'vocação'.

Infelizmente, todos os personagens que não são o Coringa foram mal utilizados na trama, com atuações apagadas e mornas e isso inclui até mesmo o ícone Robert DeNiro, que não combinou muito com o papel de host de programa de auditório.

Zazie Beetz ao lado de Joaquin durante aso filmagens / Warner Bros
Uma das maiores críticas positivas que tenho quanto ao filme é o fato dele trazer tanta representatividade para as telas, principalmente quando filmes do gênero relegam essa representação tão necessária para a mídia. 

Para mencionar outro ponto que pode ser visto como negativo para alguns, o comportamento de Joker, hora seja no stalking ou em sua ideia de 'superioridade' quanto aos outros próximo ao final do filme, pode sim ser lido por alguns fãs mais 'instáveis' como comportamentos corretos de um 'anti herói', ao invés de um vilão. O filme peca em não deixar clara a mensagem, fazendo com que pareça que a vingança pessoal do personagem tenha algo a ver com política e seja justificável de alguma forma, ainda que o personagem afirme várias vezes que não tem absolutamente nada a ver com política.


Agora o maior ponto positivo além da atuação de Joaquin é o fato de que geral, o filme faz um bom trabalho em demonstrar a importância de remédios para pessoas neuro atípicas em tratamento e também mostra o que pode acontecer quando a pessoa abandona os medicamentos e simplesmente escolhe ignorar os conselhos de seus terapeutas.

A fotografia impecável, assim como os takes de dança do Coringa, são um show à parte e valem os elogios que diversos festivais de cinema internacionais vem tecendo e mesmo com aspectos que apontei, o filme ainda surpreende e o final me deixou sem palavras, com vontade de assistir novamente para entender de fato tudo o que eu havia presenciado.

Fãs do personagem com certeza não sairão decepcionados, mas vale lembrar para os pais que ainda insistem em levar seus filhos para filmes como 'Deadpool', que Coringa é um filme para adultos. É violento, cruel, mas talvez seja justamente injeção de ânimo necessária que o universo cinematográfico da DC precisava.


Coringa estreia nos cinemas brasileiros no dia 03 de Outubro.


Nota: 9.3 / 10

0 comments:

Tainá Müller, Eduardo Moscovis e Camila Morgado estrelam nova série original da Netflix


Por Victoria Hope

Atenção Mindhunter, temos visitas! Quem adora thriller nacional e a temática de investigação, vai se apaixonar por essa nova adaptação best seller. Baseada no celebrado romance policial homônimo, Bom Dia, Verônica é a nova produção original brasileira da Netflix.

O thriller acompanha Verônica Torres (Tainá Müller), que  trabalha como escrivã na delegacia de Homicídios de São Paulo, onde vive uma rotina burocrática e pouco dinâmica dentro do sistema. Casada e mãe de dois filhos, ela se vê diante do abismo quando presencia um suicídio que acaba por despertar nela dolorosas feridas do passado. Na mesma semana, recebe a ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida.

Determinada, Verônica decide usar toda sua habilidade investigativa para mergulhar nos casos das duas vítimas: uma jovem enganada por um golpista na internet, e Janete (Camila Morgado), a esposa subjugada de Brandão (Eduardo Moscovis), policial de alta patente e um homem dominador. Ao se aprofundar nessas investigações, Verônica irá enfrentar um mundo perverso que coloca em risco sua família e sua própria existência.

Elisa Volpatto, Silvio Guindane, César Melo, Adriano Garib e Antônio Grassi completam o elenco dessa nova produção. Quer saber mais curiosidades sobre o elenco e a série? Acesse: netflix.com/bomdiaveronica

Criada e adaptada para a TV por Raphael Montes, a série conta com roteiros do próprio Raphael, junto com Ilana Casoy, Gustavo Bragança, Davi Kolb e Carol Garcia. Na direção geral está José Henrique Fonseca, que também é produtor-executivo da série ao lado de Eduardo Pop, Ilana Casoy e Raphael Montes. A produção é da Zola Filmes.

Bom Dia, Verônica já está sendo gravada no Rio de Janeiro e em São Paulo, e será lançada com exclusividade na Netflix globalmente em 2020.

0 comments:

Cheetos lança sabor de churros para esse Halloween



Por Victoria Hope

Quem curte Halloween vai simplesmente amar essas duas novidade inusitadas. A marca Cheetos vai lançar em Outubro, dois novos sabores para comemorar as festas desse ano.

Coisas estranhas acontecem no Halloween, como TVs desligando sozinhas, portas abrindo e fechando sem ter ninguém por perto e barulhos esquisitos. E CHEETOS®, que faz parte do portfólio da PepsiCo, não poderia ficar de fora da temporada, comum na cultura norte-americana e que vem conquistando o coração dos brasileiros.

Para entrar no clima, a marca lança dois sabores, em edição limitada: versão Travessuras, sabor queijo defumado e a surpreendente versão Doçuras, sabor churros. Os snacks terão embalagens inéditas, com cores que remetem ao tom irreverente da marca, e no formato de ossinhos que, juntos, formam um esqueleto. O teaser da campanha será estrategicamente lançado na próxima sexta-feira 13.

O Halloween é marcado por brincadeiras inusitadas e por que não lançar um sabor fora do comum? Queremos oferecer uma nova experiência aos nossos consumidores, um sabor de salgadinho que eles nunca imaginariam provar, e nada melhor do que trazer essa novidade para comemorar o Dia das Bruxas’’, afirma Camila Pagamisse, diretora de Salty Snacks da PepsiCo Brasil.

CHEETOS® versão Travessura sabor queijo defumado e doçura sabor Churros já começam a chegar nos pontos de venda do Brasil com o preço sugerido de R$ 2,99.


0 comments:

CCXP 2019 | Diretor de 'O Grito' vem ao Brasil para o evento



Por Victoria Hope

Quem é fã de cinema de terror asiático com certeza vai amar essa notícia. A CCXP 2019 contará com a presença do genial Takashi Shimizu, conhecido por seus filmes japoneses de terror e por trazer o gênero de terror asiático para o mercado de cinema ocidental. O diretor estará no evento todos os dias.  

 Nos anos 2000, Hollywood se apropriou do formato japonês de fazer filmes de terror. Um dos destaques dessa produção foi o lançamento de “O Grito”, que chegou às telas em 2004 e arrecadou 187,2 milhões de dólares, marcando a estreia de Takashi Shimizu na capital mundial do cinema. 

Celebrado diretor do gênero, Shimizu acaba de confirmar sua presença em todos os dias da CCXP19, que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. O diretor encontrará com os fãs em painéis e sessões de Fotos & Autógrafos que serão anunciados em breve. Sua participação no festival é uma parceria com o Consulado Geral do Japão em São Paulo.

O Grito” ocupou o topo das bilheterias americanas por duas semanas. O filme foi um remake de Ju-On, franquia de terror japonês cujos longas “Ju-On: The Curse” e “Ju-On: The Curse 2” foram dirigidos por Takashi Shimizu.

Takashi ao lado de 'Ju-On: The Grudge' sua produção aclamada / Divulgação
Seu primeiro trabalho como diretor, um curta de três minutos, foi elogiado pelos grandes nomes do terror japonês – o diretor Kiyoshi Kurosawa e o roteirista de mangá Hiroshi Takahashi. Shimizu ainda dirigiu “Almas Reencarnadas” e a versão de 2014 do filme “O Serviço de Entregas da Kiki”, que traz para o live action o clássico do mestre Hayao Miyazaki, além de ter produzido “Resident Evil: A Vingança”, entre outros. Seu filme mais recente, "Howling Village", será lançado em 2020.

Além de Takashi Shimizu, já estão confirmados para a CCXP19 os atores Lesley-Ann Brandt, a Mazikeen de “Lucifer”; Lana Parrilla, de “Once Upon a Time”; Iain Glen, do elenco de “Game of Thrones”; e escalado para viver Bruce Wayne em “Titãs” e Jason David Frank, o eterno Power Ranger Verde. O maior festival de cultura pop do planeta também já anunciou a participação de diversos quadrinistas e do cosplayer italiano, Leon Chiro. O terceiro lote de ingressos para o evento já está disponível pelo site www.ccxp.com.br.

0 comments:

[Review] Parasite



Por Victoria Hope

Se você adorou filmes como 'Snowpiercer', 'Okja' 'Memórias de Um Crime' do diretor sul coreano Bong Joon-Ho, definitivamente irá se apaixonar pelo premiado Parasite, novo filme que recebeu a palma de ouro em Cannes esse ano.

Para entender mais sobre a trama, é preciso conhecer um pouco sobre a política coreana e a arte do cinema sul coreano, mas é claro que mesmo sem conhecimentos sobre esses dois assuntos, é impossível não entender o filme, pois as criticas sociais por trás da história vão de encontro com o que países da América Latina, principalmente o Brasil, têm passado ao longo das décadas.

Além de vencer a Palma de Ouro nesse mês durante o Festival de Cannes, 'Parasite' também foi enviado para a lista de indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro do ano que vem. Aplaudido
por mais de seis minutos no festival, o filme é um forte candidato à ganhar a estatueta em 2020.

Na trama, conhecemos uma família 'sem nome' que está passando por dificuldades financeiras e que vive em um lugar isolado, quase que escondido no sul da coreia, onde as condições de vida no bairro são precárias. É uma Coréia invisível, longe de todo o glamour que estamos acostumados a ver.

Família Ki em "Parasite" - Divulgação 
Sem emprego, sem ter o que comer e sequer um sinal de wi-fi para poder usar seus celulares, a família Ki luta para conseguir alguns bicos, sem sucesso, mas mantém o otimismo de que um dia conseguirão sair de lá.

As primeiras críticas começam quando vemos a família que vive na extrema pobreza lutando para conseguir dobrar caixas de pizza para um grande restaurante, recebendo uma pechincha para um trabalho tão árduo que lhes custou uma madrugada inteira.

Ki Taek (Song Kang-Ho), o pai da família sente vergonha de sua condição e por ter perdido um grande negócio alimentício para a falência, porém é extremamente orgulhoso da edução de seus filhos, afinal na Coréia, mesmo a camada mais pobre à camada mais rica do país, desfrutam de uma educação louvável nas escolas.

Quando a família percebe que se encontra em um buraco sem saída, um dos amigos bem sucedidos de Ki-Woo, filho mais velho da família, oferece a chance de aplicar um golpe em uma das famílias mais abastadas da Coréia a fim de ajudar a família Ki a ganhar muito dinheiro.

Woo-sik Choi em 'Parasite' - Divulgação
Por ter prestado serviço militar obrigatório, como todo rapaz jovem coreano, Ki-Woo possui muitos conhecimentos em inglês, então com ajuda de sua irmã, forja um documento falso para se passar por um professor particular de inglês.

Com ajuda da indicação de seu melhor amigo, Ki-Woo consegue se infiltrar na casa do milionário arquiteto Park e pouco a pouco a família de Ki- Taek começa a se aproveitar da situação, até que pai, mãe e filhos conseguem empregos dentro da casa sem que ninguém da família abastada perceba a família de 'parasitas' se alocando em seu lar.

Isso é apenas o começo da trama, mas ao longo da história percebemos que a crítica da história não é voltada apenas à família de Ki-Taek, mas também à própria família Park também, pois se para os Ki, a família rica passou a ser uma fonte de renda a ser sugada, para os Park, que vivem muito de aparências, seus empregados empregados, no caso, desde a família Ki à antigos funcionários, estão ali apenas para servir e ser meros brinquedos que podem ser descartados quando conveniente.

Família Park em 'Parasite' - Divulgação
Absolutamente nada no filme é previsível e conforme a trama vai se desenrolando, começamos a entender cada vez mais as diversas críticas sociais que recheiam o filme. Mesmo a família 'perfeita' Park, nada mais é do que um retrato sórdido de uma Coréia não invisível à mídia e aos holofotes.

Com uma alta dose de suspense, mas nunca terror, presenciamos metáforas e frases que marcam críticas à todo o sistema social coreano, incluindo críticas à própria Coréia do Norte, ao regime militar, ao endeusamento da cultura Norte Americana e é claro, um toque na feridas da guerra.

Um dos momentos mais grotescos do filme fica por conta da fetichização da pobreza, quando o Sr. e a Sra. Park tem um momento sexual em seu sofá da casa, imaginando ser um motorista de carro e uma moradora de rua dependente química.

Nesse momento percebemos como a família rica fetichiza a pobreza e coisifica as camadas menos abastadas o tempo todo, até mesmo em gestos, como no momento em que todos da mansão, tanto o filho caçula, quanto à irmã mais velha e a mãe da família rica tapam o nariz quando sentem um 'cheiro' estranho  vindo das pessoas mais pobres que começaram a frequentar sua mansão.

O caçula da Família Park em 'Parasite' - Divulgação
São tantas simbologias, tantos detalhes milimetricamente calculados e filmados com perfeição, que o filme pede para ser assistido mais de uma vez para que possamos captar todas as mensagens escondidas em cada canto.

Para muitos, o filme com certeza terá um desenvolvimento lento e diferente do que muitos pensavam, o filme não possui gore sem necessidade, pois todas as cenas sangrentas, bem próximas ao final do filme, tem um significado de porque estão ali em primeiro lugar.

Não é um filme fácil de se digerir na primeira vez, mas aos poucos os sinais são logo identificados e a resolução chega como um soco e uma boa dose de melancolia. É impossível terminar o filme e dormir sem pensar por horas e horas no que acabou de presenciar.

Por enquanto Parasite não tem nome traduzido, nem previsão de estreia no Brasil, mas assim que as datas forem divulgadas, iremos divulgar por aqui em primeira mão.

Nota: 10/10

0 comments:

Perifacon 2020 tem data e local confirmados




Por Victoria Hope

Ótimas notícias, pessoal. Com dois dias de evento no próximo ano, a PerifaCon, conhecida como a 'Comic Con' das favelas vai acontecer em dois dias. O sucesso foi tanto em sua 1ª Edição, que agora o evento irá apostar em um local maior e mais datas para receber todos os visitantes com conforto.

A próxima edição foi divulgada publicamente pelos criadores e produtores do evento, Luíze Tavares, Igor Nogueira, Andreza Delgado e Gabrielly Oliveira, durante a estreia do “PerifaCon, o podcast”.

Com a proposta de ser um evento itinerante, é a vez do extremo leste receber a 2ª edição do PerifaCon nos dias 11 e 12 de abril de 2020 no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (CFCCT), que é o maior equipamento cultural da Prefeitura de São Paulo na Zona Leste da cidade.

O espaço conta com cinema, teatro, biblioteca, sala de exposições, salas para atividades, ateliês, telecentro e parque técnico de audiovisual.

A primeira edição do evento, recebeu mais de 4 mil pessoas e se mostrou ser uma demanda para as quebradas em função do alto número de pessoas interessadas em ver de perto a comic con da favela.

Vale lembrar também que a busca por patrocínios e arrecadação coletiva para manter a equipe trabalhando no projeto é permanente. Todas as contribuições podem ser feitas através do link https://benfeitoria.com/vaiperifacon.

A programação e inscrições serão divulgadas oportunamente em todos os canais de comunicação do evento.

----

Serviço

PerifaCon 2020 | 2ª edição
Data: 11 e 12 de abril de 2020
Local: CFCCT - Rua Inácio Monteiro, 6900 - Conjunto Habitacional Sítio Conceição - São Paulo - SP, 08490-000

0 comments:

The Politician | Ben Platt e Zoey Deutch divulgam a série em São Paulo



Por Victoria Hope

Pela primeira vez no Brasil, Ben Splatt, vencedor do prêmio Tony pelo musical 'Dear Evan Hansen' e a atriz Zoey Deutch, participaram de um evento nessa quinta (12)  em São Paulo para divulgar a nova série original da Netflix 'The politician'.

Dirigida por Ryan Murphy, a série estreia no dia 27 de Setembro no streaming e conta a história de um adolescente chamado Payton Hobart (Ben Platt) tem um sonho: se tornar o presidente dos Estados Unidos. Enquanto o cargo não chega, o garoto de família rica tem seus planos traçados, que incluem entrar em Harvard, se tornar presidente do grêmio estudantil e conseguir as melhores notas, mas o Ensino Médio vai ser muito mais difícil e competitivo do que ele imaginava.

No evento exclusivo promovido pela Netflix no elegante Palácio Tangará, jornalistas e influencers puderam acompanhar uma exposição do figurino da série além de participar de uma coletiva de imprensa e um jantar ao lado dos protagonistas da série.


À convite da Netflix, nossa equipe assistiu ao primeiro episódio do programa e podemos dizer que Ryan Murphy vai surpreender mais uma vez com uma trama que mistura elementos que lembram muito 'Scream Queens' e 'Stepford Housewives'.

Sem spoilers, é possível  dizer que assim como toda a estética visual, Ryan Murphy novamente aposta em uma trilha sonora marcante faz questão de ter trilhas sonoras marcantes em The Politician, co direito a músicas reinterpretadas pelo próprio Ben Platt.

Algumas das faixas variam de Tame Impala ao The Cure e Barbra Streisand. Espere também por uma  estética visual pastel com muito cor de rosa, verde e azul, característica queridinha em produções do diretor.

Zoey e Ben Platt no palco da pré estreia
Zoey Deutch comentou durante a coletiva que os fãs deveriam esperar sempre pelo inesperado quando falamos em Ryan Murphy e que para ela, trabalhar com o diretor é um sonho realizado de muitos anos.

Ben Platt, muito simpático também confessou que adora o trabalho de Murphy e o ator também aproveitou para arriscar algumas palavras em português. Ele comentou que a série irá abordar diversos assuntos desde corrupção, à representatividade LGBT entre outros temas muito pertinentes aos dias de hoje.


0 comments:

Tati Gabrielle de 'Sabrina' vem ao Brasil em outubro



Por Victoria Hope

A atriz Tati Gabrielle, conhecida principalmente por seus papéis como Gaia, em The 100, e Prudence, em O Mundo Sombrio de Sabrina, virá ao Brasil para um evento em outubro.


A informação foi dada nesta madrugada de 11 de setembro pelo jornalista José Noberto Flesch em seu Twitter. Segundo o tweet, o evento será no dia 5 de outubro, em São Paulo. Mais informações, como local e valores dos ingressos, ainda não foram divulgadas.

0 comments:

American Horror Story: 1984 estreia em setembro no FX



Por Victoria Hope

Esse é nosso momento, Horror fans! FX estreia a nova temporada de AMERICAN HORROR STORY em setembro. Dos co-criadores Ryan Murphy e Brad Falchuk, a nona edição, intitulada “AMERICAN HORROR STORY: 1984” chega ao Brasil dia 19 de Setembro, quinta-feira, à meia-noite.

Os novos episódios retratam a década de 1980 e contarão com performances de Emma Roberts, Billie Lourd, Leslie Grossman, Fern Morrison, Matthew Morrison, Gus Kenworthy, John Carroll Lynch, Angélica Ross e Zach Villa.

“AMERICAN HORROR STORY: 1984” vai ao ar às quintas-feiras, à meia-noite, no FX, com reprises aos domingos (10h), terças (03h30 – madrugada de terça para quarta-feira) e quintas-feiras (16h).

Os episódios também serão disponibilizados no FOX App para assinantes Premium.

Que tal maratonar AHS antes da estreia?

Enquanto a nova temporada não chega, os fãs podem aproveitar a maratona American Horror Story: Apocalipse nos dias 14 e 15 de setembro, sábado e domingo, a partir das 10h30. Serão exibidos cinco episódios por dia.

0 comments:

Mimi Party | Domingo


Por Amy Sharapova 

Chegamos ao segundo e último dia da 6ª edição do Mimi Party e hoje foi dia de prestigiar a programação especial dos palcos e do segundo andar do evento. Foram dois dias de pura cultura kawaii e muito entretenimento para fãs de cultura pop.

Hoje nossa equipe assistiu aos concursos Made By Me, Kawaii Talent além de outras atrações como grupos de dança e bandas de J-pop.


Uma das novas atrações dessa edição foi o Estúdio UOL, que trouxe a proposta de um cenário rosa com ring light para tirar fotos incríveis dos visitantes do evento. As fotos podem ser encontradas ao longo da semana no próprio portal da UOL.


Precisa retocar a maquiagem ou de alguns cílios extras? Próximo ao espaço dos artistas, visitantes encontram uma equipe de maquiagem pronta para retocar seus visuais por preços variados, além da opção de fazer flash tattoo na hora.


Que tal participar de um desafio no palco? Com patrocínio da Fancy Goods, visitantes subiram ao palco para participar de um quiz mais do que especial.


Durante o evento, acompanhamos um concerto de violino emocionante no palco. A violinista tocou diversos temas de anime, além de músicas clássicas do J-Rock e J-Pop.


E que tal um pouco de cultura kawaii das idols japonesas? O Grupo Idol performou diversas músicas famosas de grupos femininos de J-Pop. Lihh, a líder da equipe é reconhecida como uma das primeiras idols brasileiras a aparecer ao vivo no canal NHK do Japão para perfomar um dos sucessos do super grupo Morning Musume.


Um pouco do que rolou no palco durante o concurso Kawaii Me, onde participantes participaram de um desafio pra lá de hilário, colocando o máximo que conseguiam encontrar de peças kawaii em seus looks.


Durante o concurso Made By Me, uma das lolitas levou sua filha para desfilar suas peças originais no palco. Não precisamos dizer que quase morremos com tanta kawaiizice.


E para fechar com chave e ouro, as participante do concurso Made By Me posaram para a foto do público enquanto os jurados apuravam suas notas.


Ao final, como já é tradição do evento, todas as participantes ganharam um prêmio, o que é muito incrível pois todas as participantes estavam absolutamente incríveis.

Por hoje é só, esperamos que tenham curtido nossa cobertura e nos vemos no ano que vem para mais Mimi Party em São Paulo :) 

0 comments: